Magdemim
Brincando com Caneta e Papel expressando Sentimento.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Meu Diário
15/04/2011 15h31
Envelhecemos

 

Quando Envelhecemos?

 

O envelhecimento do organismo como um todo está relacionado com o facto das células somáticas do corpo ir morrendo uma após outra e não serem substituídas por novas como acontece na juventude. O motivo é que para a substituição poder acontecer as células somáticas têm de se ir dividindo para criarem cópias que vão ocupar o lugar deixado vago pelas que morrem. O envelhecimento pode ser entendido como a conseqüência da passagem do tempo ou como o processo cronológico pelo qual um indivíduo se torna mais velho. 

Mas será que mesmo sabendo o que é envelhecer sabemos definir, Quando envelhecemos?

Ainda ontem me fazia à pergunta de quando envelheceríamos, acreditava-me na minha vã filosofia que fosse exatamente quando às décadas se aproximasse de minhas numéricas estadia pela vida, mais infelizmente não é verdade.

O nosso fator cronológico é apenas um detalhe que nos acompanha para dizermos que existe tudo uma hora de Ser e existir, porem isso não limitar deixar claro que é envelhecer.

De forma clara vou tentar explicar.

A minha duvida é engraçada, mais também fundamentada na situação pela qual envelhecemos, ou amadurecemos.

Pois bem!

Ainda voltando no ontem, tinha eu uma bela certeza de falar que faltava muito  tempo para eu envelhecer...Até  eu ouvir o telefone de minha filha de 13 anos tocar, e como ela não se moveu para atender fui eu conferir e me deparei com tal mensagem: ”I Love you” Assim que der lhe envio torpedos, Bom fim de semana.

Bem!Naquele exato momento envelheci!O Tempo cronológico me fez acreditar que envelheci...

Deparei-me com o tempo cronológico e filosófico do ser, do existir estou passando pelo tempo e a minha filha também, estou com medo desse novo momento de minha vida.

 Será que os meus Pais viveram isso também?

 Será que quando a mamãe diz que o filho nunca cresce estava se referindo a não querer ficar velha?

 Pois é!

Tantas perguntas ainda sem respostas que a única resposta realmente definida é que estou envelhecendo.

É depois de tanto preparar o meu “Eu” existencial o doce e firme conceito de envelhecer é saber que sempre estamos aprendendo,resgatando valores renovando situações,adequando combinações incomuns para dar novo sabor a vida.

Não podemos fugir do envelhecer,a nossa raiz se firma e absorve mais alimento a partir do momento que estamos envelhecendo,então vamos usar toda a energia desse alimento para passar uma receita feliz de envelhecer.

E foi assim que descobri que envelhecer é medir os nossos batimentos cardíacos diante de nossas emoções.

 

Att: Imagem do Google


Publicado por Maggel em 15/04/2011 às 15h31
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ê deve citar a autoria de" Maggel Silva" e o Site www.magdemim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
10/04/2011 11h15
Motivação!

 

Por que Somos?  Como Somos Motivados?

Reclamamos tanto das pequenas coisas que nos afeta materialmente nesse mundo constante de extrema alegria temporária, o surpreendente é quando nos deparamos ao nosso lado pessoas que existem e tentando co-existir transpondo e transformando a vida da gente sempre e uma alegria mais no interior de sua alma o que essa pessoa mais queria era gritar para o mundo seu sofrimento...

De uma forma interrogativa não faz,essa é a surpresa que destrói alguns conceitos que temos definidos sobre o que pode ser o ser humano perante a vida.

Motivação?

Indagação?

Alegria?

Amor?

Seja lá o que for, lembro-me quando ouvia o meu avô (José Tenório), antes de partir ao mundo astral, recitar longas vezes esse trecho poético:

 

“Quem passou pela vida em brancas nuvens e em plácido repouso adormeceu, quem nunca sentiu o frio da desgraça, quem passou pela vida e não sofreu. Foi espectro de homem não foi homem só passou pela vida não viveu”.

(Francisco Otaviano)

 Só agora compreendo de fato o poder dessas palavras, que nos leva ao nosso eu interior indagado nos de respostas a qual só alguns momentos de experiências podem nos dar, conhecencimeto que nos aprimora e aproxima a cada segundo.

 

 “Hoje quando resolvi começar o dia lendo o Blog de estudos do professor Flavio Aragão, me surpreendi com o comentário de minha amiga Michelle

Para quem não conhece a Michelle, fique sabendo que ela é dessas pessoas que transforma você com um sorriso, está sempre para cima, ver felicidade e alegria em tudo, só fala das emoções boas da vida sempre de alto astral, o que me surpreendeu foi saber que ela traz dentro de si perguntas sobre condições e provações da vida e que o mundo dela está sendo condicionado por regra do tempo, e ela tá tirando isso de letra sem deixar o seu motivacional serem afetadas, Poucas pessoas consegui.

Então nesse momento!

Compreendo ainda mais o poema que ecoá na minha mente sobre o qual o meu avô falava. “Quem passou pela vida em brancas nuvens e em plácido repouso adormeceu, quem nunca sentiu o frio da desgraça, quem passou pela vida e não sofreu. Foi espectro de homem não foi homem só passou pela vida não viveu”. (Francisco Otaviano)

 

Motivação é algo de dentro!É intimo é pessoal, então todos os dias eu trabalho esse meu intimo  e pessoal com novas experiências misturando as velhas condicionando elas a minha realidade,dessa forma posso dizer sim.

Sou uma pessoa motivada, a minha volta existe os meus estímulos, eu não os deixo passar em branco, ou seja, “Em brancas Nuvens”, Eu os agrego ao meu pouco saber e faço motivação em mim.

Acredito que a Michelle também faça exatamente o mesmo por isso ela pode sorrir tanto assim.

A você Michelle!

Que hoje foi o meu estimulo para construção de mais motivação em mim, meu muito obrigado.

Acredito muito na frase que diz:

“As suas emoções são escravas dos seus pensamentos, e você é escravo de suas emoções”. (Elizabeth Gilbert)

Que as minhas emoções sejam sempre borboletas  colorindo com liberdade a minha alma.

 

(Maggel) 

  

Att: Imagem do Google.


Publicado por Maggel em 10/04/2011 às 11h15
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ê deve citar a autoria de" Maggel Silva" e o Site www.magdemim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
30/03/2011 23h29
Falando com você.

 

Falando com você sobre nossos atos...
A vida é uma construção dos atos que cometemos ao longo da nossa vida.
Temos a obrigação de nos policiar para mantermos uma simbiose positiva entre nossos atos e nossas ações. Tudo que condicionamos a nossa volta refleti no corpo físico e mental.
Estamos bem quando nossas atividades esta bem, nosso rosto é um transmissor transparente de cada pensamento nosso, isso também refleti nossas perspectivas perante a vida.
Perdoe-me por falar desta forma, mas é apenas a minha própria voz, falando de dentro de mim, não sei se te incomodo por falar assim, mas não é a minha intenção de te incomodar, desejo que você seja forte e tome decisões exatas para ter a certeza, que tudo é uma experiência, que mais tarde será conquista.
Meu grande desejo é: "Que a paz prevaleça sobre a Terra".
E que os amigos sejam realmente felizes!!!
Que você!
Encontre o que tanto procura dentro de você.
Que as idéias importantes sejam um grande motivo para você sempre recomeçar... Recomeçar.
Gostaria eu poder compreender cada segundo que entre as emoções e as razoes as verdades surgem e formam ciclo que aprimoram cada recomeço.
Enquanto não se é possível entender, vivenciamos com muita gratidão o que temos.
Para onde estamos indo? 
Para onde queremos chegar?
São as perguntas que não responderemos.
Hoje sabemos que nem tudo achamos certo é exatamente certo, mas são as incertezas que nos fazem evoluir.
Geramos estímulos e a nossa ausência de um porque construtivo da vida...
É uma construção  que se desenvolve um pouco a cada dia.
Todos os dias vamos buscar conversar mais um pouco com você...
Mas quem é mesmo Você?
 
(Maggel Silva)
 
Att:Imagem do Google.

Publicado por Maggel em 30/03/2011 às 23h29
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ê deve citar a autoria de" Maggel Silva" e o Site www.magdemim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
22/02/2011 00h04
TENORIO

Meu irmão...

Perfeito!

Agradecer a Deus esse presente que é você!

Agradecer a Deus sua vida, não tenha quem não se orgulhe de ter sua companhia,

Rapaz justo, honesto, verdadeiro, amigo, companheiro, tantas qualidades juntas só poderia vir de um nome tão forte e de uma pessoa tão brilhante, muitas vezes essa pessoa parece até não existir... Mas existe! É de verdade! É você!

Deus na sua mais pura verdade quando enviou você a terra lhe deu qualidades dos deuses e simplicidade dos anjos, é muito nobre falar de você das coisas boas que você representa na vida de todas as pessoas que te conhece, você é um pouco de tantas vibrações positivas que seria necessário uma paciência milenar para simplesmente dizer com você é Especial, como você é Sonho, como você é Você.

Só posso então dizer mais uma coisa... Deus te abençoe sempre, te mantenha com esse coração que a todos encanta e faz todos se orgulharem de ti.

 

21.02.2011...Feliz Aniversário!!!

 

Amo-Te Muito!

 

Sua irmã mais velha... Maggel.


Publicado por Maggel em 22/02/2011 às 00h04
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ê deve citar a autoria de" Maggel Silva" e o Site www.magdemim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/01/2011 14h30
Rio de Janeiro (Janeiro.2011)

Meus Sentimentos...

 Fui adolescente em suas ruas, vi alegria de um povo que rir e se orgulha por está ai.
Hoje ao ver na TV as destruições me sinto perdida no coração que imagina e sabe o quanto somos todos irmãos filhos de uma única nação.
Como é triste ver o Rio em destruição ver as pessoas sofrendo e gritando pelo seu irmão que a Força da Natureza não teve compaixão.
O triste nessa lembrança é que foi quando nós poluímos o planeta que chamamos para o mundo esse tipo de destruição... salve ô Deus o nosso planeta que as pessoas  sejam  mais consciente cada um de sua missão.
Vamos nos policiar dia a dia para não poluir a Natureza,
Vamos tratar dela com grandeza, para não termos mais destruição. 



Att:Imagem do Google


Publicado por Maggel em 16/01/2011 às 14h30
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (ê deve citar a autoria de" Maggel Silva" e o Site www.magdemim.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 2 de 5 1 2 3 4 5 [«anterior] [próxima»]